Sexta, 01 Novembro 2019 20:53

O Mundo de Beakman - 1992

O Mundo de Beakman (Beakman's World) foi um programa de televisão educativo estrelado pelo ator americano Paul Zaloom no papel do Professor Beakman. O programa foi baseado na tira de jornal You Can with Beakman and Jax, de Jok Church.

No programa original de Beakman, eram lidas cartas de espectadores reais, dos EUA. Porém, com a tradução para português e exibição no Brasil, foram utilizados nomes fictícios, o que era o gancho para a realização de experiências (que ensinava como reproduzi-las em casa) e a abordagem divertida de conceitos científicos. Ocasionalmente, interpretava cientistas já falecidos como Albert Einstein, Isaac Newton, Bernoulli, Alexander Graham Bell, Charles Darwin e Benjamin Franklin.



asistentes beakmanO Professor Beakman era acompanhado pelo seu atrapalhado (e não muito inteligente) rato de laboratório Lester (Mark Ritts) e sua assistente (que mudou ao longo da série) Rosie (Alana Ubach), Liza (Eliza Schneider) e Phoebe (Senta Moses). Outro auxiliar era o cameraman Ney, interpretado pelas mãos de Ron Jancula, que lhe alcançava vários itens como o "boguscópio". Por vezes, alguns conceitos eram apresentados pelo próprio Paul Zaloom, interpretando personagens ocasionais como Art Burns, Meekman (o irmão de Beakman), O Homem Equilíbrio, Vlavaav, e o Professor Chatoff.

O programa adotava uma linguagem direta, simples e bem humorada, iniciando com o Beakman contando algum fato científico curioso e convidando o telespectador, através da frase "Eu sou Beakman. E você acaba de entrar no Mundo de Beakman...", a participar do programa.

Um dos principais segmentos do programa era marcado pela interrupção: “Parem! Parem tudo! Estão ouvindo esse som?". Estava no hora do "Desafio de Beakman" ("Beakman Challenge" no original). O quadro consistia em um desafio que o Beakman fazia para o Lester, onde o rato sempre achava que havia algum truque oculto para resolver o mesmo. Porém, para frustração do Lester, a solução era realizada através de conceitos científicos básicos.

A resposta do desafio, ou das perguntas das cartas, muitas vezes necessitavam da realização de experimentos. A famosa advertência então era ouvida: "Qualquer experimento realizado em casa deve ser feito com a supervisão de um adulto e todas as precauções de segurança apropriadas devem ser tomadas. Todas as instruções devem ser seguidas exatamente e nenhuma substituição deve ser feita.".

Stan Don BeakmanOs experimentos utilizavam materiais acessíveis e tinham como objetivo provocar o telespectador a realizá-los em casa. De forma geral, eram experimentos simples que demonstravam (também de forma simples) conceitos que as crianças (muitas vezes) julgavam ser complexos. Este conjunto de entender o conceito e (mais que isto) demonstrar o mesmo com um experimento é o que o Beakman destaca ao utilizar o bordão: "BADA-BING, BADA-BANG, BADA-BOOM".

Outra marca do programa são os pinguins fantoches Don e Léo, que fazem aparições rápidas no início e no final do programa, sempre com alguma tiradinha em frente ao seu televisor assistindo "Beakman's World" no Pólo Sul.

A série foi transmitida no Brasil pela TV Cultura entre 1994 e 2002, com uma breve passagem pela Rede Record em 1997. Foi exibido pelo canal Cl@se de 2000 a 2005 e pelo canal Boomerang em 2006. A TV Cultura voltou a exibir o programa no primeiro semestre de 2011. A Claro Video exibe as temporadas 1 e 2 desde 2018.

Estúdio de Dublagem

Álamo (1ª e 2ª temporada)
Dublavídeo (3ª temporada)

Direção de Dublagem (Brasil)

Nair Silva e Mauro Eduardo (Álamo)
Renato Master (Dublavídeo).

o mundo de beakmanCuriosidades

- Paul Zaloom (Beakman) não é um cientista. Ele estudou na escola preparatória “Choate School”, em Connecticut, e começou sua carreira artística no Goddard College, em Vermont. Além de ator, ele é manipulador de marionetes, cineasta, ventríloquo e satirista político.
- Mark Ritts (Lester) era formado em Literatura pela Harvard. Morreu de câncer em 2009.
- O programa, anterior ao uso em maior escala da Internet, recebia mais de mil cartas por semana.
- O endereço para envio das perguntas era: "Beakman's World, P.O. Box 30087 Kansas City, MO 64112".
- Cerca de 5.000 efeitos sonoros eram utilizados por episódio.
- Só haviam duas câmeras fixas na gravação; o que se movia eram os personagens no set.
- Beakman sempre começava o programa falando uma curiosidade científica.
- Muitos professores não gostavam do "Beakman's World" por considerar vulgar, mesmo tendo um proposta educativa.
- Por ser um programa de ciências não conseguia espaço. Ele só ganhou uma chance quando o governo dos EUA, em 1991, definiu que as emissoras deveriam incluir programação educativa em suas grades.
- O tema de abertura foi criado pelo vocalista Mark Mothersbaugh, fundador da banda Devo. Uma sanfona é usada no riff principal da música.
- O "Beakman's World" foi inspirado na tirinha "You can with Beakman and Jax" do cartunista Jok Richard Church, que morreu em 2016.
- Do elenco brasileiro, já faleceram os dubladores: Amaury Costa e José Parisi Jr. (ambos dublaram o pinguin Don).
- A dublagem brasileira referenciou nomes e esportistas como Carlos Alberto Parreira e Zagallo.
- O Beakman, interpretado por Paul Zaloom e dublado por Flávio Dias, reapareceu em 2018 em uma campanha de 3 vídeos do Projeto Cabum no Youtube. Laboratório de Beakman: Explicando o Mundo Magnético [Ep. 01]; Laboratório de Beakman: Um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar? [Ep. 02]; Laboratório de Beakman: Fertilizantes para Vegetais Gigantes [Ep. 03]. From Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro

Lido 127 vezes Última modificação em Sexta, 01 Novembro 2019 21:21
Blog do Fantomas

Fantomas é o nome de um desenho lançado em 1967. Quando resolvi criar o blog, não poderia deixar de fazer uma homenagem ao mesmo, não só por me lembrar momentos marcantes na infância como também pelo forma como era chamado o personagem principal na dublagem original: "Fantomas, o Guerreiro da Justiça". Sim, esse cara era meu herói !