Menu
Pinheiro

Pinheiro

Sou fã das séries antigas e montei este projeto para manter viva a lembrança dos eternos momentos da infância. Com o tempo, passei a escrever sobre séries mais recentes pois um dos visitantes do blog com 12 anos de idade me perguntou porque não tinha o desenho preferido dele quando era criança aos 5 anos...rrssss

URL do site:

Ewoks - 1985

Em Star Wars, os Ewoks são uma espécie fictícia que habita a lua de Endor, perto da segunda estrela da morte. São semelhantes a pequenos ursos, primitivos e tem organização tribal (eles são bípedes peludos nativos da lua de Endor). São indivíduos curiosos que tem mais ou menos um metro de altura e, embora extremamente hábeis em sobrevivência na floresta e na construção de tecnologia primitiva como planadores e catapultas, têm ainda que progredir pois sua tecnologia está no nível da idade da pedra. A maioria dos ewoks vive no alto no meio das árvores das florestas de Endor, em aldeias construídas entre árvores próximas, e quando se aventuram no chão da floresta é para caçar e preparar armadilhas para suas presas. No Brasil, o desenho Ewoks foi exibido na década de 1980 no programa Xou da Xuxa.

Fantasma 2040 - 1994

Fantasma 2040 ("Phantom 2040") é uma série animada de ficção científica vagamente baseada no herói em quadrinhos Fantasma, criado por Lee Falk. O personagem central da série é dito ser o Fantasma 24, e o design dos personagens incomuns são o trabalho de Peter Chung, criador de Aeon Flux. A série estreou em 1994 com muitos elogios, apesar ter sobrevivido apenas 35 episódios, antes de ter sido relegada originalmente para os fins de semana na rede americana. Junto com seqüências de ação, focado em histórias inteligentes e que apresentavam o desenvolvimento do caráter humano, ele ganhou força junto a muitos telespectadores por seus ensinamentos sutis de valores como a individualidade, liberdade e a volatilidade da humanidade (naturalmente acompanhando a série foram lançadas histórias em quadrinhos e vários produtos com base no desenho futurístico).

 

História: no ano de 2040, desastres ambientais e econômicos resultantes de guerras do início do século 21 dizimaram o frágil equilíbrio ecológico da Terra permanentemente. Em toda os locais, continuam a prosperar os privilegiados e ricos que dominam os caros empreendimentos imobiliários que se elevam acima das massas sofridas, e as vítimas do infortúnio da terra foram obrigadas a subsistir com meios escassos em cidades-estado que estão além de uma vida normal já esquecida no passado.

 

Em Metropia (também conhecida como New York City), a maior e mais poderosa da cidade-estado, a única esperança para a sobrevivência da humanidade é o Espírito da Selva - milhares de quilômetros quadrados de vegetação mutante que podem ser a salvação do planeta. Esta fonte da vida está submersa em Metropia, onde ninguém tem conhecimento dela. Felizmente, o estudante universitário Kit Walker Jr. é escolhido pelo destino para salvar o mundo vestindo a máscara preta e a roupa roxa que já salvou comunidades inteiras em muitas gerações: o Fantasma 2040 . O papel do Fantasma foi passado de pai para filho desde o ano de 1500, levando o mundo a acreditar que ele é um indivíduo único e imortal. Kit, o 24º na linhagem, é jovem, inseguro e inexperiente, mas encontra dentro de si a coragem e a força para lutar contra o mal que ameaça destruir a Terra. From Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro.

 

Família Drácula - 1980

Família Drácula ("Drak Pack") é um desenho animado transmitido na rede CBS americana de 6 de setembro de 1980 e 12 de setembro de 1982. Ele foi produzido pelos estúdios da subsidiária australiana de Hanna-Barbera, listada nos créditos como "Hanna-Barbera Pty. Ltd". Um total de 16 episódios foram produzidos. A série era centrada em torno de três jovens (aparentemente no final da adolescência): Drácula (no idioma original chamado de Drak Jr., nome citado na abertura em inglês mas quase nunca no desenho), Frankie e Lobão, descendentes de Drácula, do monstro Frankenstein e do Lobisomen. Para reverter o mal feito por seus antepassados, os três, unidos como Família Drácula, tornam-se super-heróis.

 

Eles apareceram inicialmente como seres humanos normais, mas quando juntam suas mãos e gritam "whack-o" se transformam nos seres acima. Drácula tinha os poderes do vôo, telepatia e a habilidade de mudar de forma (ao contrário da maioria dos desenhos envolvendo este tipo de criatura, ele era capaz de assumir uma variedade de formas, embora a habitual fosse mesmo a de morcego).Frankie tinha força uma força superior, capaz até de se libertar de descargas elétricas (nada mal para um Frankstein....rrss). Lobão tinha um ultra-sopro, aparentemente uma homenagem ao clássico infantil "Os Três Porquinhos". Curiosamente, mesmo em forma humana, eles se chamavam pelos nomes dos monstros, revelando assim suas identidades secretas. Seu principal modo de transporte era um carro anfíbio que voava chamado de "Drakster". A premissa do desenho era semelhante a de uma série de 1976, Esquadrão Monstro ("Monster Squad"), que especulou-se ter inspirado o desenho. No entanto, também poderia se argumentar que ambos foram inspirados no desenho animado de 1972 chamado Monstros Camaradas ("Groovie Goolies") - From Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro.

Faísca e Fumaça - 1946

Faísca e Fumaça ("Heckle and Jeckle") é um desenho animado criado em 1946 por Paul Terry em seu estúdio próprio: a Terrytoons. Seus nomes originais foram inspirados no famoso livro O Médico e o Monstro ("The Strange Case of Dr. Jekyll and Mr. Hyde"), do escocês Robert Louis Stevenson. Faísca e Fumaça são dois corvos. Na versão original, Faísca apresenta um sotaque americano do Brooklyn, enquanto Fumaça possui um sotaque inglês. Eles apareceram pela primeira vez no desenho The Talking Magpies, de 1946. A produção do desenho foi encerrada em 1966, retornando em 1978 em uma produção da Filmation, intitulada The New Adventures of Mighty Mouse and Heckle & Jeckle. Uma aparição dos dois personagens foi feita em Os Simpsons, no episódio The Wizard of Evergreen Terrace (1998), durante a visão que Homer teve de seu próprio funteral.

 

Assinar este feed RSS