Menu

Um Amor de Família - 1987 Destaque

Um Amor de Família ("Married... with Children") é uma sitcom americana sobre uma problemática família de Chicago. Ela foi ao ar originalmente de 5 de abril de 1987 a 9 de junho de 1997. O protagonista da série é Al Bundy, um fracassado vendedor de sapatos, acompanhado de sua esposa Peggy, uma dona-de-casa relapsa; Kelly, sua filha bonita, porém burra e promíscua, e Bud, seu filho nerd e pouco popular. A música de abertura é de Frank Sinatra, "Love and Marriage". No início do programa, em 1987, as críticas eram negativas devido ao seu humor escatológico, com várias referências sexuais, onde os personagens eram considerados clichês (algo que se repete com tanta frequência que já se tornou previsível dentro daquele contexto). Entretanto, os telespectadores conferiam grandes audiências ao programa, que mostrava um tipo de família nunca antes retratada na TV americana: os personagens principais eram uma família fracassada, infeliz, com a qual uma parcela da platéia podia se identificar.

Apesar de tudo, essa família sempre se defendia e se unia quando a situação ficava difícil, não importa o quanto tivessem se ofendido e maltratado ao longo do episódio, geralmente contra os vizinhos (os emergentes Steve e Marcy Rhoades; durante a série, Marcy se separou e se casou com o don juan Jefferson D'Arcy, formando o novo casal de vizinhos). Talvez tenha sido essa união a marca especial do programa, o que o permitiu fazer sucesso por tanto tempo.

Com o tempo, o humor do show se tornou menos ofensivo e a atuação do elenco melhorou. A crítica passou a elogiar Married... with Children por abordar temas polêmicos como racismo, feminismo e promiscuidade de uma maneira fácil de entender e divertida.

O programa foi criado e exibido pela rede de TV FOX, sendo um de seus primeiros sucessos. Desde então, essa emissora ficou caracterizada pelas séries de humor popular e fáceis de entender, como Os Simpsons, um de seus maiores sucessos.

Séries inspiradas por Married... with Children

 Pode se dizer que todas as séries retratando uma família disfuncional e tendo como personagem principal o pai da família devem algo à Married... With Children. A fórmula é repetida à exaustão até hoje, embora praticamente nenhuma a tenha superado.

Em 1995, a Warner Brothers lançou uma série baseada em Married... with Children chamada "Unhappily Ever After" (Infelizes para sempre), que não obteve o mesmo sucesso. No Reino Unido, ela foi regravada com quase o mesmo roteiro, mas o desempenho foi mediano, talvez porque o original já tivesse sido exibido em um horário de pouca audiência. A série alemã "Hilfe, meine Familie spinnt" (Socorro, minha família é louca), com a família Strunk, era na verdade uma regravação de 26 episódios da série original. Este programa é exibido desde 1992 e teve o dobro da audiência do original na Alemanha, conquitando espaço no horário nobre.

Em 2004, a emissora colombiana Caracol Televisión produziu uma adaptação de Married.. with Children com 26 episódios, chamada "Casados con hijos". A série mostrava a família Rocha vivendo em Bogotá com seus vizinhos, os Pachóns (inspirados nos D'Arcys), adaptando as piadas do original para a realidade colombiana. O show foi exibido no horário nobre do fim de semana, fazendo sucesso relativo. Na América Latina, Married... with Children é exibido em reprises pela emissora de TV a cabo Sony Entertainment Television.

Em 13 de junho de 1999, foi ao ar "A Guerra dos Pinto", uma versão brasileira de Married... With Children. A tentativa da Rede Bandeirantes e do diretor Naum Alves de Souza de fazer um seriado nacional com a temática da família de Al Bundy foi fadada ao fracasso, ao contrário do que seu diretor acreditava. "Meus personagens são mais inteligentes que os americanos - os de lá são meio nerds, idiotas", comentou Naum à revista Época. A série foi encerrada ainda no ano 2000. Entre as atrizes estava cotada Astrid Fontenelle no papel de consultora sentimental. Foram gravados 28 episódios, que sobreviveram a um incêndio no núcleo de sitcoms da emissora, que destruiu os cenários que eram usados. Ao contrário de futebol americano, Zé Pinto não perdia um "Jogo do Mengão".

Na mesma época, a Bandeirantes também tentou fazer uma versão adaptada de Who's The Boss, que no Brasil se chamava "Santo de Casa... Faz Milagre". Porém, também não rendeu o esperado.

Curiosidade

 O piloto original da série foi filmado em 12 de dezembro de 1986, mas os produtores não ficaram satisfeitos com a atuação de Tina Caspary como Kelly e Hunter Carson como Bud, então tiveram que substituí-los e todas aquelas cenas precisaram ser refilmadas.

A série no Brasil

 No Brasil, os episódios já foram exibidos nos canais TVA, Bandeirantes, PlayTV, Canal 21 e na TV por assinatura no canal Sony. Frow Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro.

voltar ao topo