Menu

Mary Tyler Moore - 1970 Destaque

The Mary Tyler Moore Show é uma série estadunidense de TV, do gênero comédia ("sitcom"), criada por James L. Brooks e Allan Burns para o canal CBS. Ela estreou em 19 de setembro de 1970 e seu último episódio foi ao ar, originalmente, em 19 de março de 1977 (com o total de 168 episódios). No Brasil, ela foi exibida pela Rede Globo. A série conta a história de uma mulher de 30 anos, Mary Richards, solteira e profissionalmente bem-sucedida, que exerce a carreira de produtora de um canal de TV. No episódio piloto, Mary Richards se muda para Minneapolis depois de terminar um noivado de dois anos. Procurava emprego de secretária da Estação de TV WJM, e foi surpreendida com a proposta de ser produtora do programa jornalístico Six O'Clock News.

Who can turn the world on with her smile?
Who can take a nothing day, and suddenly make it all seem worthwhile?
Well it’s you girl, and you should know it
With each glance and every little movement you show itLove is all around, no need to waste it
You can have a town, why don’t you take it
You’re gonna make it after all (2X)

How will you make it on your own?
This world is awfully big, girl this time you’re all alone
But it’s time you started living
It’s time you let someone else do some giving
Love is all around, no need to waste it
You can have a town, why don’t you take it
You’re gonna make it after all (2X)


Mary Tyler Moore (nascida em 29 de Dezembro de 1936) é uma atriz e comediante norte-americana. Ela tornou-se conhecida internacionalmente por estrelar a série de TV com seu nome The Mary Tyler Moore Show, exibida de 1970 até 1977. No seriado ela era Mary Richards, uma mulher de 30 anos, solteira, que trabalhava como produtora de TV em Minesota, Mineápolis. Antes ela já havia feito o papel de Laura Petrie, esposa de Rob Petrie na série The Dick Van Dyke Show (1961-1966). No cinema, é mais conhecida por Ordinary People ("Gente como a gente"), no qual interpretou uma mãe que perdeu um dos filhos num acidente. Em sua vida privada, ela é uma ativista de várias causas civis, tais como prevenção de diabetes e direitos dos animais. Também é conhecida por ter sido citada na música Buddy Holly, da banda Weezer.

Personagens principais

    * Mary Richards (Mary Tyler Moore): originariamente pensada como uma divorciada (spin-off da série The Dick Van Dyke Show, pois seu ex-marido seria Robbie Patrie), a personagem foi mudada para uma mulher que termina seu noivado e se torna uma profissional independente.
    * Lou Grant (Edward Asner). Era o chefe e melhor amigo de Mary. Depois que a série terminou, ele estrelaria a sua própria, Lou Grant, mas mudando de gênero pois desta vez a série era dramática. Vive assediado por Sue Ann Nivens.
    * Murray Slaughter (Gavin MacLeod): funcionário da estação e amigo de Mary.
    * Ted Baxter (Ted Knight): o pomposo e dispersivo "âncora" do canal de TV. De cabelos grisalhos, sempre sorridente e de voz empostada, era uma das "marcas registradas" da série.
    * Rhoda Morgenstern (Valerie Harper) (1970 - 74): era a melhor amiga de Mary e também sua vizinha. Era da cidade de New York. Ela ganhou uma série própria chamada Rhoda.
    * Phyllis Lindstrom (Cloris Leachman) (1970 - 75): vizinha de Mary, esposa (e mais tarde viúva do Dr. Lars Lindstrom) e mãe de Bess. Ela também estrelou uma série própria Phyllis.
    * Georgette Franklin Baxter (Georgia Engel) (1972 - 77): namorada e depois companheira de Ted.
    * Sue Ann Nivens (Betty White) (1973 - 77): particularmente atraída por Lou Grant (sem ser correspondida), ela ficou conhecida por exprimir seus desejos sexuais de forma agressiva. Apresentava um programa de culinária, The Happy Homemaker. From Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro.

voltar ao topo