Menu

Cheyenne - 1955 Destaque

Cheyenne é uma série de TV americana, com 108 episódios em preto-e-branco, que foi transmitida pela rede ABC de 1955 a 1962. Foi a primeira série com uma hora de duração feita por um grande estúdio hollywoodiano, a Warner Brothers, cuja produção foi conduzida por William T. Orr. Nesta época, os Westerns eram imensamente populares. Ela teve o seu carisma do público principalmente pela presença de um grande ator, Clint Walker (o nome verdadeiro era Eugene Walker), que dominava as telas com o seu poderoso físico. Fora das filmagens, Walker lutava com o estúdio sobre o seu contrato, tornando Cheyenne uma das produções mais tempestuosas na história da televisão.

Ao final da segunda temporada, Walker deixou a série devido à disputa contratual (1958-1959). Ela foi, então, mantida no ar com o mesmo nome, mas agora com Ty Hardin como Bronco Layne. Em 1959, Walker volta para as filmagens com seu salário renegociado, enquanto Hardin passa a ser estrela de uma nova série, "Bronco", que lhe rendeu bastante sucesso. Após a conclusão da sexta temporada, um episódio especial foi ao ar, Um homem chamado Ragan ("A Man Named Ragan"), que foi o piloto de "The Dakotas" (1963, 20 episódios), que viria a substituir Cheyenne (as duas séries pouco têm a ver no seu contexto). Walker reprisou Cheyenne como personagem em 1991 no filme "The Gambler Returns: Luck of the Draw" e, também, em um episódio da série Kung Fu: A Lenda Continua, de 1995 (From Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro).

Mais nesta categoria: « Chaves - 1971 Chip’s - 1977 »
voltar ao topo