Menu

Godzilla - 1977 Destaque

Godzilla (The Godzilla Power Hour) é um desenho animado nipo-estadunidense que estreou no Japão em 1977 e nos EUA em 1978. Produzido pela Hanna-Barbera, ele é uma adaptação dos filmes japoneses da Toho Co. Ltd. e foi exibido juntamente com Jana das Selvas, daí o aspecto "hora poderosa" do título. A série continuou no ar até 1981, por um tempo exibida somente como O Show do Godzilla, até o seu término (no Japão, foi chamada simplesmente de Godzilla). A Toho ajudou na produção, fazendo conceitos de monstros e animações (aqui no Brasil passou na Rede Globo nos programas Xou da Xuxa, Sessão Aventura, TV Colosso e Angel Mix). 
Na história, as aventuras ficam por conta de uma equipe de cientistas a bordo do navio de investigação chamada de U. S. Calico, que é liderado pelo Capitão Carl Majors. O restante da tripulação incluía, entre outros, a Dra. Quinn Darien, uma cientista, e o sobrinho adolescente do capitão chamado Pete. Também existe o simpático Godzooky, sobrinho do Godzilla e amigo de Pete, responsável pelas melhores cenas cômicas do desenho (ele pode voar usando as pequenas asas sob os braços). Sempre que este pequenino tenta "cuspir" fogo como seu tio, acaba tossindo e liberando uma pequena fumaça (ele tmbém não possui a capacidade de emitir raios pelos olhos). Godzooky foi dublado originalmente por Don Messick, falecido em 1997, que fez as vozes clássicas de Scooby-Doo e do Dr. Benton C. Quest, o pai do famoso Jonny Quest.


O grupo frequentemente apela para Godzilla usando um comunicador especial quando estão em perigo, tal como em ataques de outros monstros gigantes. Se o comunicador não estava presente, ou perdido, Godzooky usava um uivo "especial" para chamá-lo. O tamanho de Godzilla aparece de forma um tanto desproporcional nos episódios, pois às vezes dentro de um único episódio, ou até mesmo uma cena, a garra de Godzilla pode envolver um grande navio e, alguns minutos depois, a equipe de cientistas não se encaixa perfeitamente na palma de sua mão (ou seria pata?).
Hanna-Barbera escalou o ator Ted Cassidy para os rugidos, igualzinho ao seu papel em O Incrível Hulk (no Japão, o compositor Akira Ifukube reusou os rugidos oficiais do Godzilla e removeu os efeitos de áudio de Ted Cassidy que a Hanna-Barbera usou). A fórmula do desenho viria a ser usada anos depois no novo desenho da Adelaide Productions chamado "Godzilla The Series". From Wikipedia. Tradução/adaptação livre: Vitor Pinheiro).
 

Mídia

voltar ao topo